Toyota bate recorde de volta com carro elétrico em Nordschleife

A Toyota informou que bateu o recorde do circuito de Nordschleife entre carros elétricos na última segunda-feira (29/08). Segundo a montadora, a marca, determinada por um instituto independente de cronometragem, foi de 7min47s794, bem melhor do que a marca anterior, de 9min01s338.

Jochen Krumbach, piloto de categorias alemãs de turismo, foi o condutor do TMG EV P001, como foi denominado o carro equipado de dois motores elétricos que impulsionam uma velocidade máxima de 260 km/h. O circuito de Nordschleife foi escolhido por conta de sua geografia e de seu traçado desafiador para o conceito dos carros.

Segundo a Toyota, a intenção é a de que a tecnologia testada na pista seja utilizada comercialmente já em 2012. “Na volta do recorde, o carro teve um desempenho melhor do que nos testes, graças às melhores que já pudemos fazer, baseados naquela experiência”, disse Pascal Vasselon, diretor-técnico da montadora.

Rob Leupen, diretor de negócios, afirmou que a marca obtida mostra que os carros elétricos podem aliar desempenho e confiabilidade. “Esta é mais uma grande conquista, que realmente mostra o imenso potencial da transmissão elétrica para render ação veloz e emocionante na pista. Não há dúvida de que o esporte a motor elétrico pode ser tão eletrizante quanto o automobilismo tradicional”, falou.

“Foi uma sensação incrível ver o carro elétrico ‘voar’ no Nordschleife, com somente o som do vento e os pneus rangendo. Atingir um novo recorde na primeira tentativa, e por uma margem tão grande, é uma grande conquista. Estou muito orgulhoso de ver o nome da TMG nos livros de recordes. Mas ainda não é o fim da história para a Toyota. Espero que possamos ver novamente nossos veículos elétricos na pista em breve”, finalizou Leupen.

Fonte: Grande Prêmio IG

Um comentário em “Toyota bate recorde de volta com carro elétrico em Nordschleife

  • 26/01/2013 em 12:30
    Permalink

    muito legal o artigo, sou fâ desse tipo de carro e competição, acompanho competições internacionais sempre que posso e praticamente o ar do carro que repiro.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *