Carro elétrico Japonês inova e faz 300 Km com uma carga de bateria

Todos nós sabemos que a maioria dos carros elétricos são mais eficientes do que os seus homólogos a gasolina, falta apenas aumentar a sua autonomia, de forma que possa alcançar distâncias maiores com uma única carga. Depois que isso se tornar realidade, as vendas dos carros elétricos aumentarão enormemente. Daí, a razão de todas as montadoras investirem
em pesquisa para superar este gigantesco desafio.

Para algumas montadoras, como BMW, a resposta está em fazer um carro elétrico muito leve. Para outros, a resposta é fazer com que a bateria dure o quanto possível. Já para os japoneses da SIM-Drive Corp, a saída está em redesenhar o automóvel, tornando-o mais eficiente ainda no ponto de vista da aerodinâmica.

SIM-LEI (foto: divulgação)

Então a SIM-Drive Corp criou e pretende colocar em produção nos próximos anos, o SIM-LEI, um carro elétrico de aparência bizarra, alimentado por quatro motores de 65 quilowatts nas rodas. O SIM-LEI é carro incomum, pois atinge um coeficiente aerodinâmico equivalente ao saudoso General Motors EV1, de 1996. Ele poderá viajar em torno de 300 quilômetros com
uma carga completa de bateria, autonomia um pouco superior ao Leaf 2012 da Nissan.

Ele acomoda quatro passageiros e pode transportar uma grande quantidade de bagagem, e a sua aceleração vai de 0-100 km/h em menos de 5 segundos. É verdade que o SIM-LEI não é um carro bonito, mas é inegável que sua aerodinâmica ajudará a economizar energia ao se deslocar. Afinal de contas, essa foi a meta da equipe responsável pelo projeto.

Enquanto isso empresas inovam no sistema de abastecimento

O carro elétrico nem ganhou as ruas em grande proporção e as inovações para conquistar o consumidor estão na pauta do dia. Agora a novidade vem da Ásia, onde empresas japonesas estão oferecendo recarga de baterias a preço fixo. AJX Nippon, Cosmo Company, Showa Shell Sekiyu KK e Idemitsu Kosan juntaram-se em um projeto para testar o serviço em 27 pontos em Kanagawa e Tóquio.

Conhecida como Electric Vehicle Station Network (Rede de Estação de Veículos Elétricos) os clientes que adotarem o
plano podem abastecer os seus plug-in em qualquer ponto pagando uma taxa mensal de Y3,000 (EUA $ 38).

Enquanto isso, no Brasil, as iniciativas para adoção do carro elétrico andam a passos de cágado. Vamos torcer, acompanhar e cobrar mais iniciativas para que os brasileiros conheçam os carros elétricos nas ruas e não apenas nos noticiários.

Pense nisso e ótima semana.

Fonte: The Green Car e Green Car Reports

Evaldo Costa
Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil
Blog: www.carroeletriconews.blogspot.com
Site: www.icbr.com.br
E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com
Siga no Twitter/LikedIn/Facebook/Orkut: evaldocosta@icbr.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *