Os carros elétricos são mais eficientes

Ninguém tem dúvida dos
benefícios do carro elétrico para o planeta. No entanto, uma preocupação com a
expansão deste tipo de veículo é a fonte geradora de energia, se renovável de
origem poluidora, a exemplo das plantas abastecidas por carvão.

Nissan Leaf

Afinal de contas, dirigir um carro elétrico alimentado por eletricidade
“suja“ não seria pior do que guiar um carro a gasolina? Qual dos
dois provoca mais danos ao meio ambiente? Para evidenciar o assunto, foi
desenvolvido um estudo pelo norte americano Mark D. Larsen a fim de definir os
requisitos de energia e produção de dióxido de carbono entre dois carros: O Nissan
Versa equipado com motor a combustão e o Nissan Leaf elétrico.

Foi levando em consideração a eficiência da estação de carregamento, a
eficiência da rede de transmissão de energia a partir da estação de alimentação
até a sua casa, e a saída do dióxido de carbono de uma planta a base de carvão.
Larsen calcula que o seu Nissan Leaf 2012 seria responsável por 42.665 gramas
de dióxido de carbono para cada 100 quilômetros percorridos.

Já com um Nissan Versa 2012, mantidas os critérios dos cálculos, produziria
50,332 gramas de dióxido de carbono para cada 100 quilômetros percorridos (o
comparativo levou em conta, por exemplo, que é necessário 6 quilowatts-horas de
eletricidade usados para refinar um galão de gasolina).

Assim sendo, ficou provado que mesmo que um Nissan Leaf 2012 fosse carregado
exclusivamente de eletricidade produzida por centrais elétricas movidas a
carvão, ainda assim o Leaf produziria 15% a menos de dióxido de carbono se
comparado ao Nissan Versa 2012 a gasolina.

Muito embora, ele usou em seus cálculos 100% de eletricidade a carvão, Larsen
afirma que para os consumidores norte-americanos, apenas 45% da eletricidade em
todo o país vêm de usinas elétricas movidas a carvão. Então, não há dúvidas de
que os carros elétricos são mais limpos do que seus concorrentes a gasolina.

Pode até ser que os carros elétricos não venha dominar o planeta a exemplo do
que ocorre com os carros equipados com motores a combustão, mas seguramente
poluem muito menos e por esta razão, governos de várias partes do mundo apoiam
a sua produção e eles, cedo ou tarde, estarão nas ruas em grandes volumes.

Vamos cobrar e torcer para que o nosso país não fique distante do mercado de
carros elétricos, pois eles têm muito a contribuir para o nosso país.

Pense nisso e ótima semana,

Fonte: Green Car Reports

Evaldo Costa
Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil
Blog: www.carroeletriconews.blogspot.com
Site: www.icbr.com.br
E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com
Siga no Twitter/LikedIn/Facebook/Orkut: evaldocosta@icbr.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *