Bicicleta elétrica da Audi pode ser configurada por smartphone

A Audi apresentou o protótipo da bicicleta elétrica Wörthersee, em
um evento na Áustria dedicado aos fãs das principais montadoras
europeias. Essa bicicleta se destaca das demais por ser capaz de ser
controlada por um smartphone, além de usar recursos conectados à
Internet para o seu funcionamento.

Bicicleta elétrica Audi Wörthersee (Foto: Divulgação)

Essa bicicleta elétrica da Audi possui diversas inovações técnicas, que
são inspiradas nos diversos veículos híbridos comercializados pelos
fabricantes de automóveis. A bicicleta é quase totalmente construída em
fibra de carbono, e isso faz com que o seu peso total seja muito
reduzido (apenas 11 kg). O pequeno motor da Wörthersee possui uma
potência máxima de 2,3 kW (ou 3 CV de força), que é alimentado por uma
bateria localizada na parte baixa do seu chassi capaz de se recarregar
em apenas 2:30 horas.

O detalhe mais chamativo dessa bicicleta elétrica é o seu sistema de
controle eletrônico. Ele permite que o usuário ajuste algumas
configurações do veículo a partir do seu smartphone (sem descrever qual
sistema operacional é compatível com o recurso), oferecendo a
possibilidade de ajustar detalhes como pressão das rodas, setup do motor, freios, entre outras características.

Além disso, o usuário pode bloquear/desbloquear o sistema antifurto da
bicicleta, que deixa os seus componentes totalmente travados,
dificultando a vida do ladrão, além de estabelecer uma conexão à
Internet para transmitir o seu passeio em vídeo ao vivo, ou atualizar a
sua página do Facebook com detalhes da volta ciclística do momento. Você
também pode ajustar o modo de condução: puro (pedalando normalmente),
Pedelec (com o auxílio do motor, par alcançar a velocidade de 80 km/h,
com uma autonomia assistida de 50 a 70 km) e o modo eGrip (que é um mix
entre o modo puro e Pedelec, com uma velocidade máxima de 50 km/h).

Também é possível utilizar o motor elétrico e o seu software para
realizar manobras, permitindo que a bicicleta regule sua inclinação
baseado na habilidade do usuário. Com esses ajustes, é possível aumentar
ou reduzir a velocidade da manobra, tornando a mesma mais simples ou
complexa.

Apesar de toda essa riqueza de detalhes, e todo o potencial de
comercialização dessa bicicleta, a Audi lembra aos interessados que a
Wörthersee é descrita como um modelo de exibição, ou seja, que não
possui nenhuma previsão de lançamento para o consumidor final. Abaixo,
vídeo de demonstração da bicicleta.

Fonte: Techtudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *