SP inicia programa piloto de táxi elétrico

Duas unidades do Nissan Leaf começam a rodar em junho

A Prefeitura de São Paulo, a aliança Renault-Nissan e a AES Eletropaulo realizaram uma cerimônia para entrega de duas unidades do Nissan Leaf, que inauguram um programa piloto para avaliar a viabilidade de veículos elétricos operarem como táxis na cidade de São Paulo.

O estudo é um dos primeiros resultados concretos do Acordo de Intenções assinado em junho de 2011 entre as partes supracitadas e a Adetax (Associação das Empresas de Táxi de Frota do Município de São Paulo).

As
duas primeiras unidades do Nissan Leaf começam a operar no dia 11 de junho, ficando no ponto localizado entre a Avenida Paulista e a Rua da Consolação. Qualquer pessoa poderá usar o táxi, que, em um primeiro momento, rodará em um circuito pré-definido dentro do mini Anel Viário da cidade de São Paulo. Na próxima fase do projeto, prevista para a metade do segundo semestre deste ano, a frota de táxi elétrico da cidade ganhará mais oito unidades do Leaf, totalizando 10 carros.

Para impedir eventuais transtornos com falta de bateria durante as corridas, o programa piloto incluirá uma rede com 15 pontos de recarga distribuídos por um circuito pré-estabelecido, com cinco pontos de recarga rápida, em que as baterias de íon-lítio poderão ser recarregadas em até 30 minutos. Os outros 10 carregadores instalados serão usados para recarga
total em até oito horas, podendo ser usados durante a noite, período de menor consumo de energia elétrica. O Leaf pode rodar até 160 quilômetros sem necessidade de recarga.

Por: Vitor Matsubara
Fonte: Revista Quatro Rodas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *