ABVE envia proposta para regulamentação dos veículos elétricos de duas e três rodas

Redução temporária sobre o Imposto de Importação e sugestão para
categorias de veículos elétricos foram os principais temas abordados em
reunião promovida pela ABVE.

Em 27 de agosto, a Associação Brasileira do Veículo Elétrico realizou
uma reunião, juntamente com alguns associados, fabricantes e
comercializadores de cicloelétricos, além de outros veículos elétricos
de duas ou três rodas. Nesta reunião, foram discutidos os principais
problemas enfrentados pelos agentes desse segmento, a saber:

• A situação do IPI e outros impostos que incidem sobre esses veículos
• Dificuldades de produção e/ou importação de componentes
• Resolução 315/2009 e suas consequências: situação nos diferentes
estados (homologação, licença para conduzir, emplacamento, recolhimento
pela polícia em vários municípios etc)
• Criação de uma base de dados estatísticos de produção e vendas
• Projetos de divulgação dos benefícios dos veículos elétricos leves

Os representantes das seis empresas participantes desta reunião
assinaram um documento manifestando a preocupação com a política fiscal
referente a bicicletas, motonetas, motocicletas e triciclos elétricos,
que foi enviado ao Ministério da Fazenda.

Além disto, foi elaborado um documento, enviado ao DENATRAN, em que é
sugerido que se sugere quatro categorias de veículos elétricos de duas
ou três rodas e respectivas regras para sua circulação, visando a
segurança de seus usuários e dos pedestres, a simplicidade de sua
aplicação, a facilidade sua identificação e a aplicabilidade das
exigências cabíveis pelas autoridades de trânsito.

Saiba mais sobre essa iniciativa da ABVE. Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *