Carros Elétricos: Os Veículos Do Futuro

Atualmente, ao redor do mundo, a maioria dos recursos energéticos
naturais está acabando muito rápido; a crescente instabilidade em vários
dos países que são produtores de petróleo apenas aumentou esse
problema. Carros precisam de gás para poder circular nas ruas e o
aumento dos preços acaba tornando cada vez mais difícil para todo mundo
conseguir gerenciar seus orçamentos. A outra desvantagem grande de usar
carros que funcionam a gás relaciona-se com o meio ambiente.

Carros a gás produzem inúmeros gases nocivos e este
tipo de gás é muito prejudicial para o meio ambiente. Sempre que você
usa o seu carro para uma pequena ou longa viagem, o seu carro é um dos
responsáveis pelo envio do gás dióxido de carbono para a atmosfera e
esses gases são os responsáveis pelo tão falado Efeito Estufa. Esse tipo
de gás acaba por provocar um aumento da temperatura e prejudicam toda a
camada de ozônio que serve como proteção do planeta dos raios do sol –
que como todos sabem são prejudiciais.

Assim muitos já são aqueles que procuram encontrar
uma solução para economizar dinheiro e poupar todo o meio ambiente. Uma
boa solução, defendida já por muitos fabricantes de automóveis, é a
utilização de carros elétricos, como uma boa solução de transporte. Os
carros elétricos dependentes da energia elétrica para que possam
circulem em nossas estradas, portanto esse tipo de veículo ajuda a
reduzir as emissões de carbono para a atmosfera.

Atualmente muitas são os Governos, a nível mundial,
que estão já criando incentivos para as empresas produzirem os carros
elétricos. Com o crescente aumento da preocupação pelo meio ambiente
houve também um aumento gradual daqueles que estão procurando por esses
tipos de carros.

Os carros elétricos não são responsáveis pelo envio
de gases de Efeito Estufa, logo são uma mais valia no sentido de
proteger o meio ambiente. Sendo o carro um dos principais meios de
transporte para as populações atualmente no mundo, a utilização de
carros elétricos teria um impacto mais do que significativo se fosse
usado por todas as pessoas.

Nesse momento um dos inconvenientes desses carros é que o seu custo
é ainda muito elevado. Apesar disso as empresas produtoras destes
carros já estão gastando muitos milhões de dólares em pesquisas, no
sentido de chegarem a uma redução do custo na produção desses veículos
para que possam se tornar o quanto antes uma alternativa viável.

Uma das grandes vantagens da utilizar estes veículos
é que sua bateria é de níquel e as baterias usadas em carros movidos a
gás são fabricadas com chumbo, logo elas podem se tornar muito perigosas
para o meio ambiente na quantidade em que são substituídas.

O carro elétrico,
além de necessitar de energia elétrica para se mover, também precisa de
energia elétrica para o carregamento das baterias. Neste momento você
já deve estar se questionando se essa energia pode ser produzida, por
exemplo, a partir de energia solar, eólica, térmica ou ainda nuclear.
Esse tipo de produção de energia não é de grande prejuízo para o meio
ambiente. Acredito que num futuro muito próximo já poderemos encontrar
muitas pessoas usando este tipo de carro e, principalmente, com o preço
cada vez mais acessível a qualquer cidadão brasileiro.

2 comentários em “Carros Elétricos: Os Veículos Do Futuro

  • 06/09/2012 em 21:00
    Permalink

    Os VE ja são uma realidade inquestionável.
    Nossas cidades e grandes centros necessitam de carros menores e não poluentes, os VE são a solução.
    WILLIAM RAMOS

    Resposta
  • 06/09/2012 em 21:10
    Permalink

    'O carro elétrico que por ventura chegasse ao Brasil pagaria 35% de imposto de importação e 25% de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) – fato difícil de ser explicado, já que os modelos 1.0, que poluem a atmosfera, pagam apenas 7% -, além de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e PIS/Cofins, cobrados de todos os veículos zero-quilômetro.

    Caso o tal "empurrãozinho" do governo ocorresse, quanto custaria, então, um carro elétrico por aqui? Segundo o supervisor de engenharia e planejamento da Mitsubishi Motors, Fabio Maggion, a isenção do imposto de importação e a redução do IPI e dos demais tributos viabilizariam o Miev por preços que rodariam a casa dos R$ 50 mil ou R$ 60 mil. ' FONTE: R7

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *