Alunos da Unicamp montam ‘Ferrari’ com motor elétrico para competição

Estudantes de engenharia levaram 13 meses para construir o carro.
Veículo é capaz de atingir 100 km/h em menos de quatro segundos.

Alunos da Unicamp em carro elétrico construído
na Universidade (Foto: Leandro Filippi / G1)

Alunos de engenharia da Unicamp apresentaram, na noite desta
quarta-feira (31), um carro com motor elétrico capaz de chegar a 100
km/h em menos de quatro segundos, tempo semelhante ao que leva uma
Ferrari Enzo, um super desportivo da marca italiana. A primeira
competição da modalidade será realizada em novembro entre estudantes.

Os 25 integrantes da equipe Unicamp E-Racing precisaram de 13 meses
para construir o veículo, que será usado no kartódromo de Piracicaba
(SP) entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, durante a disputa
organizada pelo grupo Engenheiros da Mobilidade do Brasil (Sae Brasil).
Além da Universidade de Campinas (SP), outras três equipes de estudantes
participarão da estreia da modalidade no país.

A competição com veículos “tradicionais” é organizada desde 1978 pelo
Sae Brasil. “Já existia uma equipe da Unicamp que fazia um carro à
combustão. Alguns membros, que tinham alguma experiência, resolveram
fundar a nova equipe para fazer o protótipo elétrico”, disse o estudante
do quinto ano de engenharia Diego Moreno Bravo.

Montagem do carro custou cerca de
R$ 200 mil (Foto: Leandro Filippi / G1)

R$ 200 mil
Para construir o carro, os alunos buscaram consultoria em empresas com
conhecimento da tecnologia e precisaram importar peças. O motor veio dos
Estados Unidos e tem 130 cavalos (um modelo popular possui cerca de 70
cavalos). Segundo Bravo, o custo total da montagem ficou em torno de R$
200 mil.

O carro pesa 227 quilos e mede 2,8 metros. Sua estrutura é feita de aço
AISI 1020 e a carroceria de fibra de vidro. O motor foi desenvolvido
por uma empresa britânica com a participação de pesquisadores da
Universidade de Oxford, da Inglaterra. A autonomia da bateria é de 22
quilômetros.

Competição
A competição realizada em Piracicaba deve dar vaga para uma disputa
entre carros elétricos nos Estados Unidos. Serão várias modalidades de
prova. A endurance, onde a velocidade média do carro deverá ser de
70km/h, podendo ultrapassar os 100km/h nas retas, além de provas
dinâmicas (autocross, skidpad e aceleração) e estáticas (apresentação do
projeto técnico aos juízes, viabilidade econômica do projeto e inspeção
de segurança).
De acordo com Bravo, existe um carro elétrico na Holanda que chegou a
100 km/h em menos de quatro segundos. No Brasil, o estudante disse que
nunca viu um veículo com característica semelhante, por isso há a
expectativa pelo modelo desenvolvido na Unicamp na competição de
aceleração.

Alunos precisaram de 13 meses para construir o veículo (Foto: Leandro Filippi / G1)

O carro foi todo construído na Universidade de Campinas, com apoio do
Instituto Eldorado e empresas. Oito estudantes irão dirigir o veículo
durante a disputa. Após meses de trabalho, Bravo tem a resposta fácil ao
ser questionado se vão para ganhar das outras universidades. “A
intenção é essa”, disse.

Font: G1 – EPTV

2 comentários em “Alunos da Unicamp montam ‘Ferrari’ com motor elétrico para competição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.