Motos elétricas são utilizadas pelos Correios para entrega de cartas e encomendas

As motocicletas elétricas estão sendo testadas em algumas cidades e fazem parte da política de sustentabilidade dos Correios

O uso das motocicletas visa atingir um desempenho ambiental correto com a
busca de melhoria de processos, serviços e produtos oferecidos

A distribuição de cartas e encomendas começa a ser realizada por meio
de motocicletas elétricas, iniciativa da Empresa Brasileira de Correios
e Telégrafos (ECT). Duas motos modelo Scooter, com tecnologia alemã e
design italiano, já estão operando em Belo Horizonte (MG). Na próxima
semana, mais duas irão trabalhar na entrega em São Paulo (SP). Os testes
serão realizados até o final de março.

Segundo a empresa, usar veículos elétricos faz parte da política de
sustentabilidade dos Correios, que visa atingir um desempenho ambiental
correto, por meio do gerenciamento dos impactos ambientais e da busca
contínua de melhoria de processos, serviços e produtos oferecidos pela
empresa.

A empresa já utiliza veículos elétricos em Curitiba (PR) e Porto
Alegre (RS) e pretende expandir neste ano o uso das motocicletas para
cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Sustentabilidade
Entre outras ações sustentáveis, os Correios também realizam a Coleta
Seletiva Solidária, que promove a separação dos resíduos recicláveis
descartados (papel, vidro, plástico, metal e orgânico) e a sua
destinação às associações/cooperativas de catadores de materiais
recicláveis; mantêm o programa EcoPostal (que destina uniformes e
malotes sem condições de uso para cooperativas que os transformam em
roupas, mochilas e sandálias) e promovem o descarte adequado de resíduos
especiais como pneus, computadores, lâmpadas fluorescentes, óleo
lubrificante e baterias de veículos.

Agilidade
Os correios começou a implantar, na última segunda-feira (14), o
Sedex 12 – serviço de remessa de documentos e mercadorias com entrega
garantida até às 12 horas do dia útil seguinte. Ao todo, mil cidades de
porte médio começam a receber o serviço nos estados da Bahia, Ceará,
Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará,
Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e
interior de São Paulo.

Na primeira fase, considerada teste mercadológico, o serviço foi
disponibilizado apenas para os estados de Minas Gerais, Rio Grande do
Sul, Espírito Santo e interior de São Paulo. O lançamento do serviço fez
parte das comemorações dos 30 anos do lançamento do Sedex, criado em
1982, e que originou a criação da família de produtos: e-Sedex, Sedex
10, Sedex Hoje e Sedex Mundi.

Fonte: Portal Brasil

Um comentário em “Motos elétricas são utilizadas pelos Correios para entrega de cartas e encomendas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *