Brasil ainda não tem carro elétrico à venda

Muitas das montadoras de veículos automotores que operam no Brasil
(em torno de 40), têm carros elétricos em seu portfólio de produtos, mas
ainda não oferecem tais produtos aos consumidores brasileiros.

Esse é o caso, por exemplo, das japonesas Nissan que tem o modelo
Leaf e a Mitsubishi com o MiEV, ambos são vendidos no Japão e em vários
outros países.

Atualmente, há no mundo em torno de dezoito modelos de carros elétricos.
Os mais vendidos, são: Smart ForTwo, Nissan Leaf, Renault Fluence Z.E.,
Renault Twizy, Ford Focus Electric, Mitsubishi i-MiEV, THINK City,
Tesla Model S, Bolloré Bluecar, Coda Sedan, Mini E, BYD e6.

Daí, o
consumidor brasileiro que desejar comprar um carro elétrico, terá que
importá-lo. No caso, os valores serão proibitivos, pois como o veículo
elétrico não está regulamentado no Brasil, ele paga os mesmos impostos
dos demais carros importados com motor de combustão interna (isso não
acontece nos países que comercializam o VEs) que pode chegar a 120%
acima do valor do bem. Além disso, não temos infraestrutura de serviços,
logo carrega-lo e fazer a manutenção técnica seria desafiador e
oneroso.

No entanto, há pelo menos três razões para o brasileiro ficar otimista com relação ao carro elétrico:

1
– Os deputados Ângelo Agnolin (PDT-TO), Irajá Abreu (PSD-TO) e Ronaldo
Benedet (PMDB-SC) têm projetos (em tramitação) propondo incentivos a
produção, isenção de impostos para VEs e apoio a matriz energética do
país;

2 – Os veículos híbridos estão chegando aos poucos.
Atualmente, há no marcado nacional dois modelos: O Toyota Prius que está
sendo vendido por, aproximadamente, R$122.000,00 e o Ford Fusion por
algo em torno de R$134.000,00;

3 – Há no Brasil 70 carros
elétricos emplacados. Quase todos (68) sendo testados por empresas, a
exemplo do Mitsubishi MiVE com a Light, no Rio de Janeiro, que testa a
implementação do Smart Grid. Um outro exemplo é o caso do Nissan Leaf
São Paulo, onde testa uma pequena frota de taxi.

Há, ainda, o
projeto da Fiat com a Itaipu Binacional que tem em torno de 65 veículos
(automóvel, ônibus e caminhão) em teste com os parceiros do projeto. A
CPFL Energia de São Paulo, trabalha com o projeto do carro elétrico
Aires.

É isso aí, mas se você deseja andar de carro elétrico,
aproveite as férias no exterior, pois por lá eles podem ser alugados
facilmente e por valor atrativo.

Evaldo Costa
Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil
Blog: www.carroeletriconews.blogspot.com
Site: www.icbr.com.br
E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com
Siga no Twitter/LikedIn/Facebook/Orkut: evaldocosta@icbr.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *