Quem matou o carro elétrico?

Em 1996 surgiu nas estradas da Califórnia o EV1 da General Motors, o carro elétrico mais rápido e mais eficiente já construído.

O carro elétrico EV1, tal como o nome indica funcionava a eletricidade, não emitia poluentes e colocou a tecnologia americana no topo da indústria automóvel.

O nascimento deste novo tipo de veículo veio incomodar muitas, pessoas, empresas e principalmente toda a indústria automóvel e petrolífera.

O que aconteceu no seguimento desse acontecimento foi de todo inesperado e espantoso, simplesmente o veículo elétrico desapareceu, deixou de ser fabricado, as fábricas encerraram, os trabalhadores foram despedidos silenciosamente.

Especialistas, consumidores, ambientalistas, políticos, diretores envolvidos e até estrelas de cinema deram as suas versões da história.

Quem matou o Carro Elétrico?
Este é um dos grandes mistérios da nossa sociedade moderna.

Este documentário mostra várias versões e é a verdadeira autópsia que revela os culpados deste crime contra o futuro da humanidade, sendo que já perdemos décadas de evolução devido a esta tecnologia nos ter sido retirada, por interesses milionários.

Não foi um sonho, o EV1 existiu, circulou nas estradas da Califórnia e era extremamente eficiente e rápido, e era elétrico.

Centenas de pessoas pretenderam adquirir o EV1 à General Motors, mas a empresa fabricante preferiu recolher todos os veículos e eliminá-los.

Depois de ver o documentário, envie sua opinião.

Fonte: ABVE

2 comentários em “Quem matou o carro elétrico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *