Detroit Electric traz engenharia Lotus para os carros elétricos

Primeiro modelo da nova marca será baseado no chassis do Elise

O modelo é baseado no chassis do Lotus Elise

Quando dois antigos funcionários da Lotus Engineering decidem lançar a sua própria empresa de carros elétricos
não é de estranhar que o novo carro tenha alguns componentes Lotus. Isso foi exatamente o que aconteceu com a introdução do Detroit Electric SP:01.

O SP:01 é baseado no chassis do Lotus Elise, mas o motor de combustão foi substituído por um elétrico de 201cv e
225Nm de binário com uma transmissão de quatro velocidades. A bateria tem uma capacidade de 37kWh e leva pouco mais de 4 horas a carregar.

“O carro vai-nos permitir demonstrar ao mundo a nossa capacidade de construir um produto entusiasmante e inovador que vai contar com um excelente desempenho combinado com fortes credenciais ecológicas, mas que vai proporcionar uma experiência de condução emocionante”, explicou o CEO da empresa, Albert Lam.

Os painéis de carroçaria do Elise foram substituídos por fibra de carbono e o peso total é de 1067 kg em comparação com os 875 kg de um Elise. A Detroit Electric tenciona produzir 999 unidades do SP:01 e pretende produzi-las numa fábrica em Wayne County, no estado americano do Michigan.

O interior foi substituído com bancos de couro e acabamento em fibra de carbono. O carro também foi equipado com um sistema informativo que combina rádio, sistema de navegação e informações do sistema do veículo.

A Detroit Electric afirma que o SP:01 é o carro elétrico de produção mais rápido do mundo com uma velocidade máxima de 249 km/h. A aceleração também é rápida e em cerca de 4 segundos o carro atinge os 100km/h. As baterias vão permitir uma autonomia máxima de cerca de 180km.

A produção começará em agosto por um preço base de 135.000 dólares (cerca de 105 mil euros). A marca está a planear o lançamento de mais dois modelos até ao final de 2014.

Fonte: Autoviva (Portugal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *