VW anuncia Golf VII com motor elétrico

E-Golf tem motor de 115 cv e baterias de lítio rendem um alcance de 190 km

O e-Golf chega para se juntar ao também elétrico e-up!

O vasto leque de versões do Golf VII, que inclui as opções esportivas R e GTI e o modelo com tração integral 4Motion, tem mais um modelo. A Volkswagen anunciou nesta terça-feira (27) o lançamento do e-Golf, a versão com motorização totalmente elétrica. Pronto para chegar às ruas, o carro será lançado em setembro no Salão de Frankfurt, na Alemanha, e as vendas na Europa começam no início de 2014. Os preços devem começar em € 40 mil, cerca de R$ 128.600.

bb_bid = “1623559”;
bb_lang = “pt-BR”;
bb_name = “custom”;
bb_limit = “6”;
bb_format = “bbn”;

O e-Golf vem de série com itens refinados, como GPS integrado, para-brisa aquecido e ar condicionado digital.

Já a performance do carro elétrico, ao menos a parte dinâmica, é
comparável a de um veículo com motor 1.6 a gasolina. O propulsor do
e-Golf gera o equivalente a 115 cv e 27,7 kgfm de torque máximo, o que
segundo a VW é o suficiente para levar o modelo do 0 aos 100 km/h em
10,4 segundos e atingir até 140 km/h de velocidade máxima.

O “combustível” do e-Golf é seu conjunto de baterias de íon lítio,
que proporcionam um alcance de ate 190 km. A recarga pode ser feita na
rede elétrica convencional, em processo que leva aproximadamente 8 horas
para ser realizado, ou então por meio de uma estação de recarga rápida,
que repõe 80% da carga em 30 minutos. O sistema de freios regenerativos
também ajudam da função de recarga.

VW eletrizada
Além do e-Golf, a VW também vai lançar em Frankfurt o e-Up!,
uma versão do compacto também impulsionada por motorização totalmente
elétrica. O carrinho dispõe de 55 cv e torque máximo de 22 kgfm, o que
permite acelerar do 0 aos 100 km/h em 14 segundos e atingir até 135
km/h, conforme números da fabricante. Já as baterias de lítio rendem ao
carro um alcance de até 150 km.

Tal como o Golf elétrico, o up! alternativo também estreará no
mercado europeu nos primeiros meses de 2014. Seu preço ainda é
desconhecido.

Por: Thiago Vinholes
Fonte: iG – Carros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *