Vendas do i3 surpreendem e BMW vai ampliar produção do elétrico

Menos de três meses. Esse foi o tempo necessário para que o BMW i3 já
se tornasse um sucesso de vendas sem mesmo ter chegado às
concessionárias, o que já faz com que a montadora alemã planeje ampliar a
produção do carro elétrico, lançado no dia 29 de julho.

A BMW já recebeu encomendas para 8 mil unidades do compacto, número que
impressionou a marca, cuja previsão inicial era de 10 mil exemplares
negociados em 2014, de acordo com informações do site Bloomberg Businessweek.
Um dos principais executivos da fabricante, Friedrich Eichiner, já
teria confirmado a expansão da produção de acordo com a demanda.

Primeiro elétrico de série da BMW e primeiro modelo da marca exclusivamente concebido para ser movido com essa fonte de energia

O primeiro país cujas concessionárias receberão o i3 será a própria
Alemanha, em 16 de novembro, com preço inicial de 34.950 euros. Em
outros mercados, como Estados Unidos, China e Japão, o início das vendas
ocorrerá durante o primeiro semestre de 2014.

Comodidade na recarga
A versão híbrida do i3 será equipada com um motor de dois cilindros
derivado de motocicletas. Já a outra apresenta um motor elétrico que
produzirá aproximadamente 170 cv para as rodas de trás.

Segundo a montadora, os futuros proprietários dos modelos BMW i3 poderão
conectar e carregar os seus veículos de forma segura e rápida, em casa
ou no escritório, graças a uma parceria firmada com as empresas
Schneider Electric e The Mobility House (TMH). Estes serviços também
estarão disponíveis no Brasil.

“Com o conceito BMW i, adotamos uma abordagem holística à mobilidade elétrica,
ou seja, iremos oferecer mais do que apenas a aquisição do BMW i3”,
destacou Alexander Efthimiou, diretor de produtos e pós-venda para
sistemas modulares de trem de força elétricos da BMW.

Fonte: iBahia.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *