Panasonic e Tesla fecham acordo para construir gigantesca fábrica de baterias para carros

A Panasonic e a Tesla Motors chegaram a um acordo para investir numa gigantesca fábrica de baterias de íons de lítio para carros elétricos, que custará cerca de US$ 5 bilhões e será construída nos EUA. A empresa japonesa ainda não decidiu quanto investirá no empreendimento.

As baterias dos carros da Tesla já são, atualmente, fornecidas pela Panasonic. Os japoneses querem verificar a demanda por esse tipo de bateria antes de decidir quanto dinheiro investirão no negócio. A fábrica, que também produzirá módulos para o mercado de armazenamento estacionário, pode empregar cerca de 6,5 mil pessoas até 2020.

Para J.B. Straubel, CTO e co-fundador da Tesla Motors, a usina representaria uma mudança fundamental na maneira como a produção de baterias em larga escala pode ser realizada. “Não apenas a gigafábrica teria a capacidade necessária para o Model 3, como ela abre um caminho para uma dramática redução no custo do armazenamento de energia numa série de usos”, defende.

O objetivo da Tesla com a fábrica é reduzir os custos necessários para fabricar baterias para veículos. O principal motivo que faz os carros elétricos serem tão mais caros que os veículos convencionais são as grandes baterias necessárias para que eles funcionem.

A tendência dos veículos elétricos se mostra forte em diversos mercados do mundo, especialmente nos Estados Unidos e em certos países de Europa e Ásia. A Tesla Motors é líder do segmento, tendo vendido 31 mil unidades do Tesla Model S, sedã de luxo totalmente elétrico desde 2012, quando o carro foi lançado. Desde junho de 2014, a Tesla abriu mão de todas as suas patentes, com o objetivo de incentivar a criação de carros elétricos.

Fonte: Adrenaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *