Mitsubishi Outlander PHEV é o primeiro SUV híbrido do Brasil

Carro apareceu pela primeira vez em 2010 como conceito, mas agora ganhou sua versão de rua

A Mitsubishi anunciou nesta segunda-feira sua nova SUV híbrida, a Outlander PHEV que será exibida no próximo Salão do Automóvel de São Paulo, o evento automobilístico mais importante do País que começa no próximo 30 de outubro.

Produzido no Japão, o carro foi desenvolvido para ser um híbrido não apenas entre e combustão e os dois motores elétricos, mas também entre cidade e estrada – cada tipo de direção tem uma autonomia.

Ele apareceu pela primeira vez em 2010 como carro conceito, mas agora ganhou sua versão de rua.

Este 4×4 possui três modos de condução, “100% elétrico” – considerado ideal para cidade e rodar em trechos curtos. “Híbrido em série”, o carro ainda é movido por eletricidade, mas o motor de combustão gera a energia para as baterias e gerador elétrico – esse modo quando a energia está perto do fim ou para dar mais potência ao carro.

E no “híbrido paralelo” o motor à gasolina atua em conjunto com o motores elétricos, esse gênero é mais indicado quando uma potência extra é necessária, como trechos de serra ou direção 4×4 em trechos off-road.

Destaque que mesmo no sistema de motor 100% elétrico, o carro consegue atingir até 120 km/h, acima disso a pickup entra automaticamente em um dos outros dois tipos de direção.

No joystick de mudança de marcha – o carro não tem sistema de câmbio – ainda possui os botões “charge” para o motor à gasolina carregar a bateria e o botão “save” para reduzir o uso de energia elétrica.

O motor elétrico da Outlander PHEV possui 82 cavalos de potência e sua bateria tem autonomia de 52 quilômetros, em teoria – isso porque o carro tem um sistema capaz de regenerar a energia por meio de cinética, similar ao Kers usado nos carros da Fórmula 1.

O sistema de regeneração da SUV é controlado por borboletas (paddle shifters) com seis níveis restauração, como ao descer em um trecho de serra.

Este é o segundo carro com células de eletricidade da fabricante japonesa, o primeiro foi o iMiEV, lançado no Japão em 2009. “Agora, estamos apresentando um veículo que é mais adequado ao mercado brasileiro, em que o consumidor pode utilizar o carro em diversas situações, seja nos centros urbanos ou mesmo em grandes viagens com a família”, diz Robert Rittscher, presidente da Mitsubishi no Brasl.

Bateria, assistência e app
A bateria de íon de lítio possui 80 células e tem 12 kWv de capacidade com tensão de 300 V. A bateria pode ser recarregada em estações de Quick Charger em apenas 30 minutos ou mesmo por fontes de energia de 220 V (5 horas) ou 110 V (10 horas).

Chama a atenção na Outlander PHEV que, diferente dos outros modelos de carros híbridos, a bateria que armazena a energia fica embaixo do carro em sistema selado, no assoalho. Outros híbridos como o Volt e o iMIev ficam na traseira do carro, tirando o espaço do porta-malas. Isto permite melhor distribuição do peso do carro e melhor modo de direção.

A Outlander PHEV ainda possui sistemas de assistências necessários para um carro elétrico, como o AVAS, para alertar o pedestre que um carro elétrico – extremamente silenciosos – está próximo e o FCM, para controlar possíveis obstáculos à frente do veículo acionando controle de frenagem.

O carro ainda possui piloto automático (ACC), alerta para mudança de faixa (LDW) e controle de tração (S-AWC). O automóvel da Mitsubishi também vem com um aplicativo para iOS capaz de controlar as funções do automóvel à distância, como o ar-condicionado.

O carro será vendido no Brasil apenas no primeiro semestre de 2015 e vem nas cores preto, branco, cinza e prata. O preço ainda não foi confirmado.

Fonte: Terra – Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.