De volta ao trabalho na Linha 6 Laranja do Metrô-SP

No dia 11/02 os funcionários da Concessionária Move São Paulo perceberam que durante as atividades de descontaminação do solo na área localizada na Avenida Santa Marina foi percebido um odor similar ao de combustível. De acordo com o procedimento previsto no Plano de Segurança de Obras, os profissionais do Consórcio Construtor CEL6 que trabalhavam no local interromperam as atividades imediatamente e acionaram a presença da equipe técnica e de segurança para avaliar a situação.

As obras de descontaminação do solo estão sendo realizadas para construção do Poço de Ventilação Tietê da Linha 6-Laranja. No local existia um posto de combustível da Prefeitura de São Paulo. A obra foi paralisada às 15h30 e o corpo técnico e a equipe de segurança estavam posicionadas no local às 16h00 para averiguar o ocorrido e definir as medidas cabíveis para solucionar o problema.

De acordo com a equipe de segurança do Consórcio Construtor CEL6, o cheiro percebido não é tóxico e não é prejudicial à saúde, mas pode provocar enjoos no caso de exposição prolongada.

As atividades da equipe técnica estão em andamento e o aterro da área com material inerte (areia) já foi realizado.

Com 15 estações e 15,3 km, a nova linha é um dos maiores e mais importantes projetos de infraestrutura e mobilidade urbana de São Paulo. A Linha 6-Laranja será totalmente subterrânea e deverá transportar 633 mil pessoas por dia. Além disso, o percurso, que hoje é feito em até 2 horas, passará a ser feito em 23 minutos o que vai facilitar o acesso da população às diferentes oportunidades da cidade nas áreas de lazer, cultura e trabalho.

Por: Vinicius Patente
Informações: In Press Porter Novelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *