Samsung compra parte de empresa para atrapalhar carro elétrico da Apple

Além disso Samsung, que não esclarece quanto pagou na aquisição, fortalece sua presença no mercado de baterias automotivas, sendo que já provia para a BMW.

A Samsung comunicou a aquisição de parte de uma empresa austríaca – e aparentemente, apenas com a intenção de atrapalhar sua maior rival, a Apple. O segmento de baterias da Magna Steyr foi arrematada para a Samsung poucos dias depois de vazar a notícia de que a empresa e a Apple discutiam a construção de um carro elétrico.

A Samsung, que não esclarece quanto pagou na aquisição, fortalece sua presença no mercado de baterias automotivas, sendo que já provia para a BMW. Mas principalmente, a empresa joga uma pá de cal no prospecto de carros elétricos da Apple serem desenvolvidos no curto prazo.

A Magna Steyr já tinha tecnologias de bateria automotiva bem desenvolvidas, enquanto a Apple terá que desenvolver essas tecnologias sozinha. A Apple discutia a possibilidade de construir o carro elétrico junto com a Magna Steyr, que já produzia carros – com motor de combustão – de marcas como Fiat e Mercedes.

A Magna Steyr também desenha e produz peças para carros elétricos e híbridos. Como a Samsung comprou apenas a parte de baterias da Magna, a Apple pode construir o seu carro elétrico com a empresa austríaca – mas terá de usar tecnologia própria.

O golpe pode fazer com que o carro elétrico da Apple seja atrasado por alguns meses, conforme a empresa tenha que desenvolver a sua tecnologia própria do “coração” do carro. A Apple tem tentado contratar os especialistas em bateria e engenheiros da Samsung recentemente.

Mais informações sobre peças de reposição você encontra nesse site.

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *