Model S da Tesla é mais rápido que uma Ferrari

Modelo da montadora norte-americana surpreende em testes de desempenho superando esportivos como Ferrari, Lamborghini e Bugatti.

Tesla Model S P90D

Carros elétricos e híbridos não são uma novidade. Algumas montadoras lançaram alguns modelos já na década de 90 para o mercado consumidor, mas eram veículos que ainda estavam limitados por problemas de autonomia e potência. Nos últimos 5 anos, esse não foi o caso de uma montadora dos EUA, que decidiu investir seriamente na produção de carros elétricos e competir de cabeça erguida com os modelos esportivos mais potentes do mundo.

O novo Tesla S P90D, um carro 100% elétrico de sete lugares produzido pela empresa norte americana Tesla Motors, acelera mais rápido do que carros esportivos como a Ferrari, Lamborghini e Bugatti, de acordo com testes realizados pela revista especializada em carros, Motor Trend.

Segundo a revista, o piloto de teste dirigiu o modelo Tesla Model S P90D, acelerando de 0 a 09 km/h em 2,6 segundos. Um sedan médio de família, hoje demora cerca de 8 segundos para fazer o mesmo.

SUPERADO, OU QUASE, POR POUCOS.
Entre os carros que levariam mais tempo para atingir essa marca na estrada, de acordo com a Motor Trend, são o Lamborghini Aventador de 400 mil dólares e o Bugatti Veyron de 2 milhões de dólares, ambos de dois lugares.

Há alguns carros que até são mais rápidos, mas muito poucos. Entre eles estão a Ferrari Laferrari e o Porsche 918 Spyder, ambos plug-in híbridos (semi-elétricos) que são esportivos com preços bem mais elevados do que o modelo 100% elétrico da Tesla.

Os preços para o carro elétrico Tesla SP90D, com o novo software de desempenho Modo Ludicrous (literalmente, “modo ridículo”) da Tesla, começam em cerca de 120 mil dólares.

Os dois motores elétricos do Tesla S P90D – um impulsiona as rodas dianteiras, o outro as rodas traseiras – podem produzir até 762 cavalos de potência. Ao contrário dos motores de gasolina, que têm certas faixas de velocidade em que eles puxam melhor, o elétrico produz pleno poder puxando em todas as velocidades.

Muitos outros carros, carros esportivos particularmente especialmente desenhados, poderiam provavelmente ainda vencê-lo em uma pista de corrida graças a curvas mais rápidas e velocidades superiores. Além disso, outro modelo da Tesla (TSLA) testado pela Motor Trend, perdeu desempenho como as baterias se aquecido durante repetidas corridas de alto desempenho, disse o editor associado da revista, Christian Seabaugh.

SILENCIOSO E DIVERTIDO
“Para os primeiros segundos, você está acelerando mais rapidamente do que uma queda-livre, por isso é literalmente como estar em um parque de diversões”, disse o editor de teste da revista, Chris Walton.

Além disso, ao contrário de outros carros, o Model S acelera quase sem ruído, tornando a experiência ainda mais estranha”, disse ele.

INSANO, LUDICROUS E MANTA MÁXIMA
O Modo Ludicrous, produz uma potência que permite atingir força G de 1.1 e também está disponível no Model X SUV. O Modo Insano é um pouco inferior, com potência de 691 HP e levando o veículo de 0 a 100 Km/h em 3.1 segundos.

A próxima geração carros esportivos da Tesla, que deve sair em quatro anos, terá um modo chamado “Manta Máxima “, disse a montadora Tesla a revista, que deve ser ainda mais rápido.

A Tesla também tem lançado recentemente, e novas atualizações de software para os modelos da linha S, que permitem o carro até certo ponto, orientar-se, e também travar automaticamente para evitar bater em outros carros.

Fonte: Carros & Motores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *