Tesla pode precisar de mais dinheiro com sucesso de reservas do Model 3

Modelo é o primeiro ‘popular da empresa e quer rivalizar com Nissan Leaf. Entregas devem começar em 2017, mas analistas vêm chance de atrasos.

Uma agitação inicial de pedidos deu um bom começo ao carro elétrico Model 3, da Tesla Motors, mas a companhia pode ter que arrecadar mais dinheiro do que se espera entregar o novo veículo aos clientes dentro do prazo, disseram analistas na última sexta-feira (1º).

O primeiro carro da Tesla para o mercado de massas foi apresentado na quinta passada (31), nos Estados Unidos, e começará a ser entregue no fim de 2017.
Ele será vendido por US$ 35 mil (cerca de R$ 125 mil) — valor que não considera os benefícios tributários para carros ‘verdes’ nos Estados Unidos.

Entre seus rivais está o elétrico mais vendido no mundo, o Nissan Leaf, que está na mesma faixa de preço. Ainda neste ano, a briga deverá esquentar com o lançamento do Bolt, o elétrico “acessível” da Chevrolet.

250 mil reservas
Além do Model 3, os ambiciosos planos do presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, incluem impulsionar a produção annual da empresa dez vezes, para 500 mil, até 2020.

Mas há preocupações entre alguns investidores da Tesla, que prometeu se tornar lucrativa este ano.

Musk disse que as reservas antecipadas para o carro, a US$ 1 mil cada, chegaram a 198 mil nas primeiras 24 horas. Neste sábado (2), o executivo atualizou o número para 253 mil e disse que fará um último balanço na próxima quarta-feira (6).

Analistas questionaram quanto tempo levará para entregar estes veículos após o lançamento mais lento que o esperado do utilitário esportivo Model X, no fim do ano passado.

A grande demanda pode significar que alguns consumidores que estão fazendo reservas antecipadas não receberão as entregas até 2019 ou 2020, disseram analistas.

No dia do lançamento, Musk informou que o carro será ofertado também para o Brasil.

Fonte: Auto Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *