Honda promete moto elétrica realista até 2018

Marca quer acelerar popularizaração de modelos verdes e tecnológicos

Líder mundial na produção de motonetas, motocicletas e scooters, a Honda anunciou recentemente em seu principal centro de desenvolvimento, em Tochigi (Japão), que em 2018 já terá um modelo elétrico em seu catálogo.

Elétrico e acessível, já que o segmento escolhido não será elitista como o da BMW C Evolution. Enquanto a marca alemã apostou num scooter que sai por 14 mil euros na Alemanha (quase R$ 52 mil), a rival japonesa quer tentar tornar as motos limpas verdadeiramente populares. E logo.

Aliás, em Tochigi o elegante e essencial EV-Cub servia de exemplo concreto do que pode vir por aí. Apresentado como conceito no Salão de Tóquio de 2015, o EV-Cub é uma motoneta elétrica que reproduz as formas do modelo que popularizou a marca nipônica mundo afora, a Honda Cub.

Se o futuro scooter “verde” reunir as mesmas qualidades que consolidaram o sucesso do Cub pioneiro — no Brasil a Honda Biz é a evolução do modelo, criado no fim dos anos 1950 –, o futuro da mobilidade sobre duas rodas estará assegurado.

Por: Roberto Agresti
Fonte: O Motociclista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *