MotoGP revela fornecedora para novo campeonato elétrico

Prometido para 2019, novo evento correrá junto da Mundial de Motovelocidade com equipamentos que podem chegar a até 241 km/h

Promotora da MotoGP, a Dorna Sports revelou nesta terça-feira (12) o fornecedor oficial do campeonato de motos elétricas que planeja iniciar em 2019. A categoria será chamada de “FIM Moto-e World Cup”.

A fabricante italiana Energica será a fornecedora do novo campeonato, que deverá ser corrido como evento suporte em um número ainda não definido de corridas da MotoGP durante a temporada de 2019.

As equipes usarão uma versão adaptada da moto de rua Energica Ego, que terminou em sétimo no TT da Ilha de Man Zero – classe para motos elétricas a uma velocidade média de 126 km/h.

A empresa baseada em Modena, que teve concorrência do construtor belga Sarolea para se tornar fornecedora, afirma que o Ego produz 145 hp e é limitada a uma velocidade máxima de 241 km/h.

O CEO da Dorna, Carmelo Ezpeleta, disse: “A FIM Moto-e World Cup é um novo e emocionante projeto da Dorna, e nos orgulhamos de anunciar que a Energica será a fornecedora neste novo empreendimento”.

“Nós acreditamos em excelência, qualidade e desempenho, e não podemos pensar em um melhor colaborador para lançar a FIM Moto-e World Cup.”

“A Energica é a empresa líder e mais inovadora da indústria e esperamos o incrível espetáculo de corridas elétricas disputadas”.

Anteriormente, havia sido anunciado que o chefe da Michelin na MotoGP, Nicolas Goubert, deveria deixar a empresa francesa e atuar como diretor executivo da Moto-e.

Um grid entre 15 e 20 motos é esperado para a primeira temporada, com corridas com duração de cerca de dez voltas.

Por: Jamie Klein
Fonte: Motorsport.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.