Caoa Chery planeja híbridos flex e elétricos para o Brasil

Mostrados em Xangai, Arrizo 5 com novo interior e Tiggo 8 chegam em 2019. Fábricas brasileiras poderão ser adaptadas para produzir modelos eletrificados.

Com uma estratégia de vendas agressiva, como é característica do grupo, a Caoa Chery já pensa em produzir carros elétricos e híbridos no Brasil.

No entanto, modelos movidos com alternativas mais sustentáveis ainda estão em fase de estudos para o nosso mercado. Na China, a empresa já faz carros deste tipo há mais de 10 anos.

Especificamente para o Brasil, a Caoa Chery pensa em tornar híbridos flex os carros criados na China. Outra possibilidade, ainda mais forte, é a de produzir carros elétricos em solo nacional.

Chery Arrizo 5e
Chery Arrizo 5e

Segundo Mauro Correia, presidente da Caoa, a empresa já está homologando carros elétricos, ao mesmo tempo em que faz estudos de viabilidade para a produção local, tanto na fábrica de Anápolis (GO), de ondem saem Tiggo 5X e Tiggo 7, como em Jacareí (SP), onde são produzidos QQ, Tiggo 2 e Arrizo 5.

Com exceção do Tiggo 7, todos os modelos acima possuem variações elétricas na China.

Caso a produção nacional seja aprovada, as fábricas ainda precisariam de investimentos para se adequarem.

“A instalação do conjunto elétrico acontece no fim da linha. Precisaríamos estender cerca de 80 a 100 metros. Além disso, alguns processos precisam ser separados, por questões de segurança. Não são investimentos gigantescos. É mais questão de construção e logística”, concluiu Alfonso, sem estimar um custo para as adaptações.

[Via: Auto Esporte]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.