Renault lança em São Paulo compartilhamento de carro elétrico por R$ 24 a hora

A Renault lançou nesta quinta-feira (18) em São Paulo um serviço carsharing (compartilhamento de carros) com o elétrico Zoe. Inicialmente, a iniciativa ficará disponível somente para os mais de mil residentes do Cubo Itaú – maior centro de empreendedorismo tecnológico da América Latina – e mais de 300 colaboradores da Renault de seu escritório da Vila Olímpia, em São Paulo.

O sistema é acessado via plataforma Joycar, start-up do Cubo Itaú, e o carregador utilizado para abastecer o veículo foi feito em parceria com a Efacec. O preço de lançamento é de R$ 6 por cada 15 minutos, ou R$ 24 por hora.

Compartilhamento e mobilidade
No mundo, a Renault foi uma das pioneiras e atualemente lidera as vendas de veículos 100% elétricos na Europa, mercado que cresceu 45% somente no ano passado. Segundo a empresa, os negócios não se resumem a desenvolver, fabricar e vender os automóveis, mas buscam oferecer soluções de mobilidade.

A iniciativa do compartilhamento de carros é uma continuidade do lançamento que a Renault fez no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), que já oferece o sistema para os colaboradores da fábrica.

Por meio do aplicativo “Renault Mobility”, a marca disponibiliza os veículos de frota para uso compartilhado. O colaborador pode reservar um veículo em qualquer horário, retirá-lo e devolvê-lo local de trabalho.

Outra iniciativa de carsharing da marca foi feita em parceria com a MRV em um condomínio de Belo Horizonte, Minas Gerais – neste caso, moradores têm à disposição duas unidades do Zoe para uso compartilhado. Todo o processo é feito pelo aplicativo Renault Mobility. De acordo com a Renault, em breve outro projeto como esse será lançado em um condomínio de São Paulo.

Histórico desde 2013
Ainda segundo a marca, a Renault comercializa veículos elétricos no o Brasil desde 2013, para empresas e projetos de mobilidade sustentável. Já foram negociados Zoe, Twizy, Kangoo Z.E. e Fluence Z.E.. Entre as empresas clientes e parceiras nestes projetos estão Porto Seguro, Fedex, CPFL e Itaipu. Ao todo, já são mais de 200 veículos em circulação no país, número que coloca a marca como líder de veículos elétricos também no Brasil.

No último Salão do Automóvel, em novembro, o Zoe passou a ser vendido de forma oficial também para o consumidor “comum”, por R$ 149.990. De acordo com a marca, já foram entregues 20 unidades.

[Via: Motor Show]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.