Chevrolet Bolt começa a ser vendido em outubro com preço de R$ 175 mil

A Chevrolet confirmou nesta sexta-feira (24/05) o começo das vendas do carro elétrico Bolt em outubro. O preço é de R$ 175 mil. O elétrico será vendido apenas em uma versão de acabamento, a Premier. A data de entrega das primeiras unidades, no entanto, continua indefinida.

O Chevrolet Bolt tem um motor elétrico de 203 cv de potência e torque de 36,7 kgfm disponíveis de maneira imediata, como em todo carro elétrico. Segundo a marca, ele acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos. A velocidade máxima é de 148 km/h.

Interior do Chevrolet Bolt EV 2019

A recarga das baterias do Chevrolet Bolt é feita em tomadas e há opções que combinam com diferentes necessidades de deslocamento do usuário. No caso de um carregador semirrápido, uma hora garante 40 km de autonomia, de acordo com a empresa.

Já em carregadores rápidos, encontrados em eletropostos, bastam 30 minutos para transitar mais 145 km. Ainda com informações da fabricante, o Chevrolet Bolt é capaz de rodar 383 km com uma carga pelo padrão norte-americano EPA – os números podem variar nos padrões europeus de teste.

Interior do Chevrlet Bolt EV 2019

O custo estimado por quilômetro rodado do Bolt, carro elétrico da Chevrolet, é cerca de quatro vezes inferior ao de um modelo do mesmo porte movido a gasolina.

Na lista de equipamentos do Chevrolet Bolt estão 10 airbags; câmera de ré; câmeras nos retrovisores; alerta de colisão frontal; frenagem automática para pedestres; e assistente de permanência em faixa.

Entre as tecnologias embarcadas, estão o sistema regenerativo dos freios, visão panorâmica de estacionamento e Driver Information Center customizável com tela de 10,2 poleadas, no qual é possível acompanhar o desempenho energético do Bolt.

[Via: AutoPapo]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.