Carro elétrico compartilhado chega em São Paulo

São 60 estações espalhadas pelas regiões Sul e Oeste da cidade. Uso do veículo é cobrado por minuto.

Não há mais dúvida, os carros elétricos representam o futuro do mercado automotivo. Ainda que essa realidade pareça um pouco distante, uma startup anunciou hoje, em São Paulo, o primeiro aplicativo de compartilhamento de veículos elétricos; o Beepbeep.

Usuário paga pelo minuto que usar
São 60 centavos por minuto mais um valor fixo de R$ 4,90 por uso. O seguro, a limpeza e o combustível, que no caso é a energia elétrica, ficam por conta da marca. Mas quem conseguir – e puder – deixar o carro carregado para o próximo usuário, ganha desconto. A princípio, a startup lança o serviço com 10 unidades disponíveis do carro Zoe, o elétrico da Renault. Até 2021, a proposta é chegar a 300 veículos compartilhados na capital paulista.

“Melhorar a mobilidade, democratizar o uso dos carros elétricos e ainda preservar o meio ambiente são os objetivos da beepbeep”, comenta Fabio Fagionato, CEO e Co Fundador da beepbeep.

O aplicativo está disponível na App Store e no Google Play. Para fazer o cadastro, basta uma selfie, uma foto da carteira de habilitação definitiva e um cartão de crédito.

Como funciona
O passo a passo bem é simples: basta procurar o carro no mapa do aplicativo fazer a reserva do plano de minuto. Em seguida, o usuário tem até 30 minutos para chegar ao veículo na estação escolhida. Legal é que não precisa nem de chave. Seja para abrir a porta ou ligar o carro, tudo é feito através do aplicativo da marca.

É possível devolver o carro em uma estação diferente de onde começou a viagem. Hoje, são 60 estações espalhadas pelas regiões Sul e Oeste da capital paulista. Por enquanto, elas ficam dentro de shoppings, supermercados e alguns condomínios corporativos.

[Via: Olhar Digital]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.