Primeiro carro elétrico da Porsche, Taycan já acumula 30 mil reservas

Interesse inicial levou o fabricante a dobrar a meta de produção do modelo, que será apresentado no Salão de Frankfurt em setembro.

Não há como negar que o futuro pertence aos elétricos. E mesmo os carros esportivos, famosos por seus motores superpotentes com roncos viscerais estão entrando nessa onda.

Faltando pouco mais de um mês para o lançamento do Porsche Taycan, que será apresentado em setembro durante o Salão de Frankfurt, na Alemanha, 30 mil clientes já fizeram a pré-reserva do modelo. É o primeiro carro totalmente elétrico da marca responsável por produzir carros icônicos como o 911 ou o Carrera GT.

A alta demanda fez com que a Porsche dobrasse a meta de produção para o primeiro ano de comercialização do modelo, de 20 mil para 40 mil unidades. Para comprovar a intenção de compra, os interessados desembolsaram 2.500 euros – pouco mais de R$ 10.500.

Porsche Taycan
Carro elétrico Porsche Taycan

Apesar de ainda ficar atrás dos SUVs Cayenne e Macan, o elétrico tem potencial de superar as vendas do 718 Boxster e do próprio 911, que fecharam 2018 com 24.750 e 35.573 entregas em todo o mundo, respectivamente.

Ainda não há informações oficiais sobre desempenho, mas segundo os engenheiros responsáveis pelo projeto, o modelo vai chegar aos 100 km/h em menos de 3,5 segundos e ultrapassar os 250 km/h de velocidade máxima.

Serão dois motores elétricos, um em cada eixo, alimentados por uma bateria de 400 células individuais. A promessa é de que a potência ultrapasse os 600 cv.

Por aqui, o Taycan está programado para estrear em 2020, ainda sem data ou preço confirmados. Segundo a Porsche, a estimativa é de que os valores fiquem entre os cobrados por Panamera e Cayenne.

Aos poucos, os carros elétricos começam a chegar ao mercado brasileiro. O último a desembarcar no país foi o Leaf – confira o vídeo abaixo.

[Via: Revista Auto Esporte]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.