O famoso DeLorean pode voltar em versão elétrica

Famoso por sua aparição no filme “De volta para o futuro”, o carro DMC DeLorean poderá voltar a ser fabricado após quase 40 anos, mas dessa vez, em uma versão elétrica. O anúncio foi publicado no blog da fabricante DeLorean Motor Company (DMC), na quarta-feira (20/01).

Segundo o post, a ideia de retomar com a produção do DeLorean era antiga — desde 2015 — mas problemas regulatórios com a Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos Estados Unidos (NHTSA) atrasaram o retorno.

Antes, o órgão exigia que fabricantes de automóveis de pequeno porte tivessem os mesmos encargos burocráticos de fabricantes gigantes. Este era o principal impasse, tendo em vista que a DMC sempre foi uma montadora de pequenas produções, tendo o DeLorean como único carro produzido pela fabricante.

Agora, os requisitos para pequenas montadoras foram simplificados, tornando o retorno do famoso DeLorean cada vez mais palpável. Mas os desafios para isso não serão nada fáceis.

O famoso Delorean do filme “De Volta para o Futuro”

O motor estava previsto para ser produzido em 2017, entrando em conformidade com as emissões de carbono até 2022. Por isso, o atraso da NHTSA fez com que a DeLorean Motor Company (DMC) ousasse em implantar um motor totalmente elétrico, estendendo o prazo de vida útil do veículo e adaptando-se às normas atuais.

Ainda não há nenhuma previsão para o lançamento do carro e nem mais detalhes sobre a versão elétrica do DeLorean.

Ao que parece, a fabricante está aguardando financiamento para dar andamento a produção do veículo e novidades deverão ser anunciadas em breve, já que a publicação termina com o aviso “fique ligado”.

[Via: Olhar Digital]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.