Pensando na liderança, General Motors aumenta seus planos para carros elétricos

Como já comentamos em outras matérias aqui, a década de 20 deste século XXI está se consolidando como um período de disputa acirrada pelo mercado de carros elétricos. E quem não acelerar firme, agora, pode não chegar aos 30 anos.

Pensando assim, a General Motors (GMCO34) divulgou seus ambiciosos planos para os próximos anos, com a declarada intenção de “liderar a corrida dos elétricos”. Para isso, planeja lançar nada menos que 30 novos modelos eletrificados globais até 2025.

Somente nos EUA, a GM promete que, também até 2025, 40% de todas as novidades que colocar nos concessionários serão de modelos desse tipo.

Algo que envolve não somente grandes investimentos, como a quebra de alguns paradigmas ancestrais: no que diz respeito aos seus carros, os sobrinhos do Tio Sam costumam ser bastante conservadores e veneram motores a combustão.

No total, entre o que pretende gastar com o desenvolvimento de elétricos e com veículos autônomos – que, na imensa maioria, também são movidos a bateria –, estão previstos nada menos que 27 bilhões de dólares, também até 2025, num acréscimo de 7 bilhões de dólares em relação ao que fora anunciado antes da pandemia e mais da metade de tudo o que o conglomerado gastará no período.

Plataforma da General Motors para os novos carros elétricos

Baterias melhores e mais baratas

Um dos pontos-chave para a expansão da empresa no segmento eletrificado está no desenvolvimento de baterias próprias, chamadas Ultium, e que segundo a empresa custarão 60% menos do que as baterias de hoje, com o dobro da densidade de energia.

Isso significa que a autonomia dos elétricos da GM será ampliada dos atuais 643 para até 724 km, com carga total. As baterias Ultium de segunda geração serão embarcadas nos modelos de suas marcas que utilizarão também uma mesma base e um conjunto de componentes de propulsão intercambiáveis.

Com esse jogo de combinações e arranjos, surgirão novos modelos elétricos com os emblemas Cadillac, GMC, Chevrolet e Buick, para todas as faixas de preço do mercado americano, com projetos desenvolvidos para trabalho, aventura, desempenho e uso familiar.

Paralelamente, em parceria com Honda, a GM está investindo também em tecnologia para célula de combustível. Batizada de Hydrotec, essa vertente pode dar origem a toda uma nova linha de veículos elétricos, abastecidos com hidrogênio líquido e sem a necessidade de carregar tantas baterias.

A marca japonesa já tem no mercado – inclusive nos EUA – um modelo desse tipo, que pode se transformar em uma alternativa interessante para regiões sem infraestrutura de energia elétrica.

[BDR: GMCO34]

[Via: iCarros]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.