Fabricante de motos elétricas Voltz recebe R$ 100 milhões de investimento

Valor será utilizado para implementar a primeira indústria de motocicletas elétricas de Manaus e desenvolver novos produtos.

A Voltz, empresa brasileira de mobilidade elétrica, anunciou o recebimento de um aporte de R$ 100 milhões. Com o dinheiro, a marca investirá na primeira fábrica de motos elétricas do Polo Industrial de Manaus, aumentará a oferta de produtos e criará mais lojas conceito.

Para 2021, o objetivo da companhia é multiplicar cinco vezes sua receita operacional.

A rodada de investimentos foi liderada pela Creditas e contou também com a participação do UVC Investimentos, fundo de Venture Capital do Grupo Ultra, companhia responsável por empresas como Ipiranga, Ultragaz e Extrafarma.

Desde que trouxe ao mercado o modelo EV1, primeira scooter elétrica do país, em novembro de 2019, a Voltz é referência em seu segmento. A empresa vendeu mais de 4.000 veículos no Brasil, entre diferentes modelos da scooter EV1 e a moto EVS.

Além do seu público, que utiliza o transporte para uso pessoal, a empresa observou no crescimento do delivery uma oportunidade para ampliar seus negócios e planeja entrar no segmento por meio de uma versão de trabalho do seu modelo EVS WORK, que deve chegar ao mercado até setembro.

O modelo é preparado para o uso profissional e oferece a autonomia necessária para que os trabalhadores consigam realizar suas entregas.

Batizada de EVS Work, versão tem maior autonomia – 240 km – e deve custar entre R$ 13.990 e R$ 15.990 – Imagem: Divulgação

Produção de veículos
Com o aporte, a Voltz vai direcionar recursos para a instalação de uma fábrica no Polo Industrial de Manaus. “A operação em Manaus deve começar neste ano e concentrará toda a produção e montagem das motos elétricas. A Voltz planeja realizar um investimento inicial de mais de R$ 10 milhões e a capacidade anual de partida de produção da fábrica será de aproximadamente 15 mil veículos/mês. Esperamos que 500 empregos serão gerados com a iniciativa.” diz Sergio Furio, CEO da Creditas.

Hoje, a Voltz conta com lojas conceito em Recife, cidade em que foi fundada, em São Paulo e mais de 30 showrooms distribuídos pelo país. Nestes locais, os clientes podem testar seus produtos e conhecer sobre os veículos elétricos.

As vendas da Voltz são feitas exclusivamente por canais digitais, em que o consumidor seleciona o produto que deseja, com as configurações que precisa e efetua o pagamento. Depois, basta esperar que o produto seja entregue na porta de sua casa. A operação é inédita para uma empresa nacional de duas rodas.

Scooter elétrica Voltz EV1 2021

Modelos de motos elétricas Voltz
Todos os veículos podem ser equipados com até duas baterias para aumentar a autonomia. Em seu portifólio, a Voltz conta com a scooter EV1, nos modelos básico e Sport, que possui mais autonomia e velocidade, e a moto inteligente EVS, projetada para aguentar o trânsito intenso e grandes distâncias.

Em sua configuração mais potente, a scooter EV1 alcança 180 km de autonomia e 75km/h de velocidade máxima. Já a EVS chega até 120 km/h em seu pico de velocidade e também possui 180 km de autonomia.

As baterias dos veículos da Voltz são portáteis e podem ser carregadas em qualquer tomada. A carga completa de uma bateria costuma levar até 5 horas.

[Por: AutoPapo]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.