LiveWire agora é marca da linha de motos elétricas da Harley-Davidson

A Harley-Davidson passa a ter, a partir desta segunda-feira (10/05), uma marca de motos elétricas. E o nome é justamente LiveWire, o mesmo que batizou seu primeiro modelo elétrico – lançado em 2019.

Com a iniciativa, a Harley-Davidson pretende aprofundar sua participação no segmento de motos elétricas, que podem ainda não ser tão populares nem vender tanto quanto as com motores a combustão, mas que são vistas pelos fabricantes como o futuro inevitável do setor de duas rodas. Tanto que marcas como a japonesa Honda, a austríaca KTM e a italiana Piaggio já se movimentam nesse sentido.

Segundo O CEO da Harley-Davidson, Jochen Zeitz, a iniciativa é parte da “Estratégia Hardwire” – o plano de negócios da marca para os próximos cinco anos. E um dos seis “pilares” deste plano é liderar o segmento de motos elétricas.

Moto elétrica Harley-Davidson LiveWire
Moto elétrica Harley-Davidson LiveWire

“Queremos ser a marca de motos elétricas mais desejável do mundo: a LiveWire será pioneira no futuro do motociclismo e planeja inovar e desenvolver tecnologia que será aplicável às futuras motos elétricas Harley-Davidson”, disse o executivo.

A segunda moto elétrica da Harley-Davidson e primeira sob a nova marca LiveWire será lançada em 8 de julho deste ano – ou seja, daqui a dois meses – e vai estar no International Motorcycle Show, que começa em 9 de julho.

O foco inicial das motos LiveWire será urbano, e sua sede virtual será dividida em duas, uma no Vale do Silício, na Califórnia, e outra em Milwaukee, a casa da Harley no Wisconsin. As motos elétricas serão vendidas nas concessionárias Harley-Davidson, mas como uma marca independente. Mas as motos também serão exibidas em showrooms especiais, montados em locais selecionados. O primeiro será justamente na Califórnia (o local exato não foi revelado).

Veja o site da nova marca: www.livewire.com

[Por: Roberto Dutra – WM1 Webmotors]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.