NIU vendeu mais de um milhão de veículos elétricos em 2021

A NIU tornou-se líder mundial de vendas após a publicação dos números oficiais de 2021: Mais de um milhão de unidades vendidas em todo o mundo, da sua extensa gama de veículos elétricos!

Os números de vendas anunciados pelo fabricante chinês de veículos elétricos de duas rodas NIU, não deixam margem para dúvidas. A sua vasta gama de veículos é composta por scooters, ciclomotores, bicicletas e patinetes.

A NIU anunciou que no ano de 2021, em todo o mundo, entregou um total de 1.037.914 unidades, o que representa um crescimento de 72,5%. A maior parte destas vendas foi registrada no mercado chinês, embora a nível internacional o crescimento seja de 155,8% face ao ano anterior.

No quarto trimestre de 2021, a NIU vendeu um total de 238.188 unidades, o que em comparação com as 150.465 vendidas no quarto trimestre de 2020 representa um crescimento de 58% no ano passado. Das unidades vendidas no quarto trimestre, 205.239 correspondem ao mercado interno, o que representa um crescimento de 49,2%. No entanto, em termos percentuais, as vendas internacionais da empresa cresceram mais do que as do mercado doméstico: 155,8%. No total do ano de 2021, a empresa vendeu 1.037.914 unidades, o que representa um crescimento de 72,5%. Destes, 988.023 foram entregues ao mercado chinês, enquanto as vendas internacionais atingiram 49.891 unidades.

Scooter elétrica NIU MQi GT EVO

As novidades para 2022
No último EICMA de Milão, a NIU apresentou os seus novos produtos que se juntam à sua já extensa gama. A MQi GT EVO foi apresentada como a scooter elétrica mais rápida da NIU, capaz de atingir uma velocidade máxima de 100 km/h. Esta scooter também possui um motor de cubo da roda traseira de 5 kW (6,7 cv) que é a maior potência oferecida pela empresa e é alimentada por um par de baterias de 72V 26Ah (1,8 kWh) que oferecem até 85km de autonomia.

O design da MQi GT EVO difere da linha MQi já conhecida. Foi redesenhada por dentro e por fora, como explicou o Diretor de Inovação Token Hu: “Quando nos sentamos para construir a EVO, tínhamos um objetivo em mente: Tem que ser diversão desde o momento em que se roda o acelerador.”

Por isso, mais do que potência extra, a NIU incluiu uma série de recursos tecnológicos nesta scooter, como partida sem chave, trava elétrica antifurto na coluna de direção, tela TFT colorida totalmente nova e perfis de uso, habilitados através da app, que permitem arrancar com a scooter sem necessidade de chave. O seu preço na Europa é de 4.999 euros (cerca de R$ 30.987) e inclui três anos de serviço de conectividade e acesso a serviços NIU.

Moto elétrica NIU RQi Sport

Na EICMA, a NIU também exibiu a versão mais recente da sua moto elétrica RQi Sport, que foi apresentada pela primeira vez no CES 2020. Embora o projeto tenha sido adiado pela pandemia, agora parece estar mais próximo da conclusão. Entre os recursos anunciados oficialmente está a sua velocidade máxima, que na versão original era de 160 km/h, embora na versão de lançamento, a Sport seja limitada a 110 km/h. Mesmo seu local habitual seja a cidade, a velocidade extra permite circular com facilidade nas estradas.

Neste caso, a potência do motor localizado na posição central é de 5 kW e sua potência é transmitida para a roda traseira por meio de uma corrente. As duas baterias que a alimentam funcionam a 72V e 36Ah, o que significa que soma um total de quase 5,2 kWh de capacidade, que também pode ser recuperada em menos de quatro horas num carregador doméstico.

[Via: Moto Mais]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.