Fugindo da guerra: Moto elétrica da Ucrânia agora é produzida na Polônia

A guerra entre Rússia e a Ucrânia se estende por meses. Milhões de cidadãos ucranianos deixaram o país, assim como algumas marcas e empresas que tiveram de parar suas atividades, enquanto a Russia sofre com sanções e abandono de algumas de suas principais marcas.

A nova vítima foi a startup EMGo Technology. A empresa anunciou sua moto elétrica da Ucrânia no final do ano passado, mas já teve de fazer as malas. Está produzindo em um país vizinho, a Polônia.

EMGo ScrAmper

A EMGo Technology é formada por jovens engenheiros, com sede em Odessa – região muito afetada durante a invasão russa. A startup anunciou no salão de Milão (EICMA 2021) a EMGo ScrAmper.

Embora a empresa já tenha fabricado scooters elétricos, com os modelos Razzo e Flywheel, esta é a primeira moto elétrica da Ucrânia. O nome é uma combinação de Scrambler e Amper.

EMGo ScrAmper

Essa combinação se refere ao design scrambler de motos de estrada e off-Road, só que movidas a eletricidade, Amper. Sendo esse o maior projeto da startup e, algumas inovações desse modelo chamam atenção.

A ScrAmper conta com um carregador integrado, compatível com o abastecimento de redes domésticas e estações de carros elétricos. Sem contar no design neo-retro de uma moto 100% eletrificada.

EMGo ScrAmper

Logo após a invasão na Ucrânia e o desenrolar da guerra, a equipe da EMGo decidiu não interromper o desenvolvimento e fabricação da ScrAmper. A produção foi realocada de Odessa para a Polônia, país vizinho que não foi afetado diretamente pelo caos da guerra.

A EMGo contou com a ajuda de parceiros técnicos para montar a nova estrutura de desenvolvimento tecnológico, além de uma campanha de arrecadação de fundos, que tem ajudado a startup a manter o foco na produção dessa moto elétrica.

[Via: Motonline]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.