Marca italiana Energica apresenta a Experia, sua moto elétrica touring

A Energica Experia é a primeira e-adventure touring, 100% elétrica e livre de emissões de CO2. Ela não só é um modelo novo da Energica, como toda a tecnologia que a envolve também é completamente inovadora, inclusive motor e bateria.

Para esse efeito, o fabricante italiano realça a experiência adquirida durante uma década de corridas, design e fabricação no ramo da eletrificação para conceber esta moto elétrica para longas viagens.

Apresentada como a primeira ‘Green Tourer’ da Europa, a moto de longo alcance oferece conforto, uma carenagem aerodinâmica, para-brisas ajustáveis e ampla capacidade de bagagem rígida. “A Experia cumpre plenamente o que os amantes das viagens procuram, sendo a moto mais ágil e manobrável que fabricamos até o momento”, informou em nota a marca italiana.

Energica Experia

Na nova plataforma ‘High-Tech’ o motor e a bateria são novinhos em folha. A capacidade da bateria aumentou e tem um peso mais baixo. O componente com capacidade de 22,5 kWh deve levar a Energica Experia a percorrer entre 208 e 420 km.

Energica Experia

No modo Extra Urbano ela promete chegar a 208 km, e no combinado a 256 km, de acordo com o teste padrão WMTC 222, chegando aos 420 km em trajetos urbanos, números muito semelhantes aos da atual Energica EsseEsse9+. A bateria pode suportar até 24 quilowatts de energia de carregamento em colunas DC via plug CCS, enquanto o carregador integrado gerencia três quilowatts de carregamento a 230 volts. Segundo a Energica, o tempo de carregamento no carregador rápido é de apenas 40 minutos, de 0 a 80%.

Energica Experia

Por outro lado, a Experia apresenta um centro de gravidade centralizado e mais baixo, que permite um melhor comportamento em baixas velocidades. O motor redesenhado é mais leve, com menos massa e está posicionado mais baixo do que nos outros modelos da marca. O novo elemento tem uma potência mínima de 80 cv a 7000 rpm, máxima de 102 cv a 7500 rpm.

Energica Experia

A velocidade máxima é limitada a 180 km/h e consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. O torque máximo anunciado é de 91,7 kgf.m. Em termos de performance, a Experia oferece 4 modos de condução, sendo Eco, Urban, Rain e Sport; e mais modos regenerativos, chamados de High, Medium, Low e Off.

Energica Experia

A ciclística da máquina é uma construção nova. Ao invés de usar uma estrutura tubular de aço completa como antes, a Energica usa um quadro híbrido de aço tubular e placas de alumínio. As suspensões ZF Sachs reguláveis trabalham com rodas de 17 polegadas orientadas para a estrada e com 150 milímetros de curso, sendo empregues pneus Pirelli Scorpion Trail II com as dimensões de 120/70 à frente e 180/55 na traseira.

Energica Experia

As malas laterais rígidas e volumosas e o top-case oferecem uma capacidade total de 112 litros. Existem duas portas USB junto ao painel de instrumentos, e mais duas em outro compartimento de armazenamento à prova de água que é bloqueável, e capaz de suportar cabos de carregamento em viagem, um kit de chuva ou um par de luvas. O peso anunciado para a Experia é de 260 kg.

A Energica ainda não definiu o preço para a nova moto, no entanto ela poderá ser encomendada a partir de junho deste ano. O fabricante espera entregar as primeiras unidades a partir do outono europeu. Até agora, apenas uma variante de cor está disponível no site da marca sendo a Bormio Ice.

[Via: Motociclismo]

veiculoeletrico

Tudo sobre carros elétricos, veículos elétricos, motos elétricas. As últimas novidades do setor.